Capítulo Geral

União Apostólica
de Famílias Internacional
de Schoenstatt

Schoenstatt - Alemanha 01 Setembro
2022

Dias
Horas
Minutos

União Apostólica de Famílias Internacional de Schoenstatt

Alegria de ser família: Viver e transmitir a fé em família

Fundação: Considerando a família como a célula germinal de toda ordem sólida e sã na Igreja e na sociedade, o Padre José Kentenich (1885 – 1968) fundou a União de Famílias em 1950 com um grupo de famílias jovens, pensando nela como uma comunidade autônoma dentro do Movimento de Schoenstatt, fundado em 1914.

Expansão: Aproximadamente 2.000 famílias em todo o mundo pertencem à nossa comunidade. Eles vêm de 20 países: Alemanha, Argentina, Áustria, Bolívia, Brasil, Chile, Costa Rica, Equador, Espanha, Estados Unidos, Hungria, Itália, México, Paraguai, Polônia, Portugal, Porto Rico, República Tcheca, África do Sul e Suíça. A nível internacional, a Federação das Famílias é uma confederação das comunidades territoriais.

Comunidade: A União Apostólica de Famílias Internacional de Schoenstatt é uma comunidade familiar católica de casais líderes, moderna, apostólica, constituída por membros leigos, dispostos a participar com toda a Obra de Schoenstatt na transformação do mundo em Cristo, por Maria.

Missão: A União de Famílias se inspira na convicção fundamental do Padre José Kentenich: uma sociedade sustentável e solidária se constrói a partir de casamentos sólidos e famílias saudáveis, abertas ao futuro e que garantam a vida. O centro da sua missão é, portanto, a renovação da família, para que o seu valor brilhe com mais força na Igreja e na vida da sociedade.

Apostolado: O objetivo da comunidade é a educação e formação de personalidades cristãs no sentido do apostolado católico leigo, que assumem responsabilidades na Igreja e na sociedade e trabalham pelos outros em um espírito apostólico universal inspirado no carisma do Padre Kentenich, para dar à Igreja e à cultura do novo milênio um rosto marcado e familiar. Em todos os nossos esforços e compromisso com o próximo, o foco da atenção está na família, a família como a igreja doméstica.

Espiritualidade: Os casais objetivam viver a sua vocação laical no espírito dos conselhos evangélicos, partindo do Sacramento do Matrimônio e da Aliança de Amor com Maria como mãe e educadora, confiando na ação da providência divina. Eles são membros de uma pequena comunidade para toda a vida, cujo objetivo é a autoeducação e o crescimento na busca à santidade. Eles seguem um caminho espiritual formativo, inspirado por ideais comuns e um crescente intercâmbio de vida. Desta forma, cada casal terá o apoio indispensável para a construção da própria família, o surgimento da pequena igreja doméstica e o desenvolvimento do seu potencial apostólico pessoal e conjugal. O Santuário-Lar, lugar de oração dedicado a Maria, é o centro espiritual das casas.

Perfil: O perfil do matrimônio que ingressa na União reúne alguns traços que devem existir pelo menos como predisposição e desejo desde o início, para atingir o seu pleno desenvolvimento através do processo educativo e amadurecimento vital. Esses traços se resumem em quatro capacidades básicas: aptidão à vida comunitária, disposição ao apostolado, aspiração à santidade, equilíbrio pessoal e conjugal.

Sede internacional: A sede legal da “União Apostólica de Famílias Internacional de Schoenstatt” é em Schoenstatt, Alemanha, com endereço em Josef Kentenich-Hof.